O mercado de tecnologia muda constantemente. Diariamente, novas soluções surgem para que companhias possam otimizar os seus fluxos de trabalho e terem mais agilidade na prestação de serviços. Mas para adaptarem-se à implementação de novas ferramentas, a companhia deve ter uma política de gestão de mudanças em projetos de TI. Assim, atividades como a atualização de programas, a alteração de sistemas e migrações de softwares são realizadas de uma forma mais ágil e livre de riscos.

Se você quer saber mais sobre o tema, veja o post que preparamos!

O que é gestão de mudanças em TI?

A gestão de mudanças em projetos de TI é um processo estruturado com o objetivo de minimizar o impacto das alterações de hardware e software, garantindo menos interrupções na rotina dos usuários.

Esse processo, portanto, foi criado para evitar erros, atrasos e impactos negativos na produtividade: como os processos estarão planejados de uma forma abrangente, todos poderão preparar-se para as mudanças a tempo.

Quais os impactos das mudanças nas demandas da empresa para o setor de TI?

Um processo de gestão de mudanças em projetos de TI traz um grande impacto para o cotidiano do setor. Com ele, as rotinas da área tornam-se mais organizadas, os times que trabalham com tecnologia têm menos dificuldades para incorporar novas formas de trabalho e o fluxo de tarefas passa a ter menos interrupções causadas por fatores como atualizações ou migrações de sistemas.

Para o setor de TI, essa estratégia garante que as rotinas da área terão um nível de maturidade muito maior. Os profissionais de tecnologia apresentarão uma melhor compreensão sobre o seu papel dentro do ambiente corporativo e das estratégias da empresa.

Como consequência, a TI poderá aderir de maneira mais profunda às estratégias da empresa. Os times trabalharão com sinergia, colocando a tecnologia em um papel estratégico e, assim, contribuindo para que todos possam atingir um melhor resultado a curto, médio e longo prazo.

Das ações preventivas aos investimentos realizados, tudo estará voltado para agregar valor aos serviços da empresa e garantir o máximo de qualidade possível em cada atividade interna.

De que maneira o setor pode se preparar?

A preparação do time de TI para ter uma rotina de trabalho pautada por uma boa prática de gestão de mudanças envolve a capacitação de profissionais e a conscientização do papel de cada um dentro dos resultados do negócio.

É importante que os times estejam preparados para planejar, documentar e analisar o resultado das mudanças que serão feitas durante rotinas de manutenção, integração de tecnologias e alteração de infraestrutura.

Com a conscientização, o gestor pode passar aos técnicos uma visão mais abrangente sobre o impacto do trabalho de cada profissional nos resultados da empresa. Assim, as mudanças serão explicadas ao usuário por pessoas que estão mais engajadas em entregar um conjunto de soluções de TI de alta performance.

A gestão de mudanças em projetos de TI, por exemplo, envolve todas as pessoas que estão relacionadas ao projeto. Os stakeholders devem comunicar as suas necessidades e a melhor forma de executar um processo.

Além disso, há a necessidade de integrar times, definir prazos e datas em comum, avaliar o perfil de cada área e identificar riscos e vulnerabilidades que possam afetar os resultados. Dessa forma, as atividades serão estruturadas com uma comunicação contínua entre todos os envolvidos, ampliando ao máximo as chances de sucesso.

O papel de uma empresa de especialistas durante a gestão de mudanças em projetos de TI

Muitas empresas podem ter dificuldades para executar mudanças no seu ambiente de trabalho, especialmente quando elas envolvem a tecnologia. Dependendo do nível de complexidade da infraestrutura de softwares e hardwares, assim como o nível de maturidade dos processos executados por técnicos, as chances do negócio atingir os resultados esperados torna-se menor.

Uma das formas de evitar esse tipo de problema é com o apoio de um time de especialistas externos. Ele buscará, a partir da análise do perfil da empresa, soluções que possam ser utilizadas para a companhia executar mudanças com maior qualidade e segurança.

Os profissionais também avaliarão riscos e fatores que possam contribuir negativamente com os resultados. E encontrando atividades que não são executadas conforme os padrões de qualidade do mercado, a empresa conseguirá estruturar um processo de gestão de mudanças em projetos de TI mais inteligente, eficaz e abrangente.

Quais são as vantagens de implementar esse processo?

O processo de gestão de mudanças pode trazer uma série de vantagens para companhias. Ao realizar investimentos na área, os custos serão otimizados com uma distribuição de recursos mais inteligente. E quando a mudança é planejada, a empresa diminui riscos, o que implica em menos erros e gastos mais controlados.

A redução de falhas também traz mais agilidade para o setor de TI. Prazos são mantidos e a tecnologia pode ser incorporada ao dia a dia do setor mais rapidamente. Assim, as chances de sucesso tornam-se muito maiores.

Para além desses fatores, a adoção de um processo de gestão de mudanças em projetos de TI é um incentivo para os profissionais e para que a organização possa buscar certificações como a ISO 27000, a ITIL e a ISO 20000.

Os processos estarão documentados de acordo com as melhores práticas do mercado e normas de compliance. Assim, a maturidade dos processos de TI poderá ser validada por órgãos de mercado reconhecidos pelo setor de atuação da empresa.

A gestão de mudanças em projetos de TI trouxe para o ambiente corporativo a capacidade de todas as áreas que são afetadas pelas rotinas de TI se prepararem para novas realidades de uma forma muito mais inteligente. O relacionamento do setor com o usuário torna-se mais fácil, uma vez que a confiabilidade das decisões de técnicos e gestores de TI será maior.

Existirá uma certeza em todos os setores de que as escolhas feitas pelo time de tecnologia contribuirão para tornar o ambiente de trabalho mais eficaz. Sempre que uma mudança for feita, ela estará coberta por uma comunicação capaz de demonstrar os benefícios do investimento e permitir um planejamento mais inteligente.

A gestão de mudanças em projetos de TI pode, em outras palavras, agregar valor às rotinas do setor e impedir que elas causem um impacto negativo no dia a dia da empresa. As atividades da TI serão melhor compreendidas e os resultados impulsionados. Dessa forma, a tecnologia poderá ter um papel muito mais importante nas estratégias da companhia.

Se você gostou do nosso post e quer receber mais dicas sobre esse e outros temas, assine já a nossa newsletter e receba nossas novidades em seu e-mail!

Escreva um comentário

Share This